quarta-feira, 29 de junho de 2011

Fiéis decretam Silas Malafaia como candidato a presidente do Brasil em 2014; Pastor ironiza

O pastor Silas Malafaia disse durante a Marcha para Jesus que não planeja se candidatar à presidência da República. A informação se deu por conta de um cartaz erguido por algumas pessoas durante o evento do dia 23 de junho em São Paulo pedindo a candidatura do líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Malafaia fez o percurso da Marcha para Jesus no trio elétrico principal onde estavam o apóstolo Estevam Hernandes e outras personalidades políticas e religiosas. Quando o pastor da Advec viu o cartaz solicitou que as pessoas guardassem aquela faixa.

Mas tarde esse assunto surgiu ente os jornalistas e Malafaia foi questionado sobre a possível candidatura. “Esta pessoa tem que fazer Zorra Total, show do Tom. É uma piada. O pastor que entra na política deixa de atender o todo para ser parte,” respondeu.


Presidente Silas Malafaia
Faixa pede o Pastor Silas Malafaia como Presidente do Brasil em 2014 (Creio)

Fonte: Gospelprime e Creio

A era das estrelas gospel está chegando ao fim




Hermes Fernandes

Não sou saudosista. Mas devo admitir que foi-se o tempo em que o púlpito não era palco nem palanque, e a congregação não era platéia, nem tampouco o pastor era considerado um showman. Foi-se o tempo em que cantores que se dedicavam a louvar a Deus não tinham fã clube, e nem sabiam o que significa tietagem após sua apresentação. Mesmo porque, não havia performance, e sim, culto. Todos os holofotes eram voltados para Deus. E os únicos aplausos que esperava ouvir vinham dos céus.

O sonho de conquistar o mundo para Cristo foi substituído pelo sonho de tornar-se num mega-star gospel.

O dinheiro antes investido para enviar missionários para o campo, agora é usado na construção de suntuosas catedrais, com suas cadeiras acolchoadas, para oferecer conforto à crentes almofadinhas.

Mas tudo isso está prestes a acabar. O mercado gospel está ficando saturado. Ninguém suporta mais patrocinar os projetos megalomaníacos dessas estrelas.

Cada vez mais, os cristãos estão se conscientizando de que seu papel não é o de manter esta indústria religiosa, que se apresenta como ministérios, e sim, de trabalhar pela transformação do mundo.

Chega de fogueiras santas! Chega de fogueiras de vaidade!

Chega de estratégias evangelísticas mirabulantes. Que o importante seja o que é certo, e não o que dá certo.

Chega de busca por títulos e fama. Que se busque servir em vez de ser servido.

Voltemos ao velho e bom Evangelho, sem invencionices. Voltemos ao discipulado, sem a pressão pela multiplicação. Deixemos que Ele acrescente em número, enquanto nós focamos a qualidade de nossa vivência cristã.

E que os milagres aconteçam em ambientes domésticos e seculares, no dia-a-dia, e não a granel, no atacado, como tem sido anunciado nos programas neo-pentecostais.

Está chegando o tempo em que o Evangelho será espalhado por toda a Terra, não através de eventos extraordinários, marchas, cruzadas, mas através de gente anônima, ilustres desconhecidos, que ofuscarão o brilho daqueles que se acham indispensáveis na expansão do Reino de Deus, e isso, sem chamar a atenção para si.

Pronto! Falei! Estava entalado...

Viva o novo tempo!

Leia Mais em: http://www.genizahvirtual.com

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Deixo o PV mas não abandono minha fé, explica Marina Silva

Marina Silva, a mulher de saúde frágil que aprendeu a ler aos 16 anos e quase virou freira, sonha em ser presidente do Brasil. Acriana do vilarejo de Breu Velho, pobre e filha de seringueiros, Marina entrou na política em 1985, aos 27 anos, por influência do ambientalista Chico Mendes, com quem fundou o PT no Estado. A militância em favor dos seringueiros a levou rapidamente à Câmara de Vereadores de Rio Branco e, em seguida, à Assembleia do Acre. Em 1994, aos 36 anos, tornou-se a senadora mais jovem da história do país. Sempre com a causa verde na ponta de sua afiada retórica, em 2003 Marina virou ministra do Meio Ambiente do governo Lula – e começou a cobiçar a Presidência da República. No PT, porém, suas chances de disputar o cargo seriam nulas.

Em nome da utopia, Marina fez uma escolha pragmática. Convidada a ser candidata à Presidência, aceitou filiar-se ao Partido Verde, o PV, uma pequena legenda identificada não apenas com a agenda ambientalista – mas também com propostas liberais, como a legalização da maconha e do aborto. Marina, que se convertera à religião evangélica em 1997, ignorou as latentes tensões entre suas convicções religiosas e as posições liberais da plataforma verde. Apesar do bom desempenho na campanha presidencial do ano passado, não deu certo. Dois anos e 19,5 milhões de votos depois, Marina decidiu: deixará o PV. O anúncio ocorrerá nesta semana.

A união entre Marina e o PV começou com promessas e terminou em desilusões. Desilusões produzidas, sobretudo, ao sabor das inevitáveis divergências de uma campanha eleitoral. Marina e o PV, especialmente por meio de seu presidente, José Luiz Penna, discordaram em quase tudo nas eleições. Aos poucos, sua campanha separou-se da estrutura do partido. Os problemas começaram na arrecadação de dinheiro. O vice da chapa, o empresário e fundador da Natura, Guilherme Leal, centralizou os trabalhos de coleta de recursos. Os tradicionais arrecadadores do PV se incomodaram com a resistência de Leal aos métodos tradicionais – e heterodoxos – de financiamento de campanhas no Brasil, do qual o partido nunca foi exceção. Um dos dirigentes do PV conta como anedota o dia em que Marina mandou devolver uma mala de dinheiro “não contabilizado”, em linguajar delubiano, ao empresário paulista que o havia enviado.

O segundo ponto de atrito entre Marina e o PV deu-se em razão da entrada de líderes evangélicos na organização política da campanha. Pastores da Assembleia de Deus, igreja de Marina, influenciavam decisivamente na elaboração da agenda da candidata. A força deles no comando da campanha não casava com o perfil histórico do PV. Se em sua plataforma e em seu discurso o PV era favorável à legalização da maconha, do aborto e do casamento gay, era uma clara incoerência que sua candidata à Presidência se colocasse contra essas posições. O PV temia perder o eleitorado urbano, moderno, descolado. As lideranças evangélicas argumentavam que isso não seria um problema e prometiam trazer 40 milhões de votos para a candidata, caso a campanha se voltasse aos eleitores evangélicos.

Era tão difícil conciliar a dualidade entre os evangélicos de Marina e os liberais do PV que, até o meio da campanha, Marina cumpria duas agendas: uma política, com as tradicionais visitas a prefeitos e comícios, e outra religiosa, que incluía reuniões em igrejas com pastores. Marina sofria pressão dos evangélicos para que não visitasse terreiros de umbanda e candomblé. Na pré-campanha, ela aquiesceu. Em seguida, porém, a candidata foi convencida a gastar menos tempo com os eventos religiosos – e mais em busca de votos.

Ao longo da campanha, Marina não abdicou dos jejuns religiosos que costuma fazer pelo menos uma vez por mês. Alguns próceres do PV consideram os jejuns uma irresponsabilidade de Marina, em função de sua instável saúde – ainda jovem, ela foi contaminada por metais pesados e acometida por graves doenças, como malária e hepatite. Ementrevista a ÉPOCA, há um mês, ela se irritou diante de uma pergunta sobre esse tipo de crítica. “A minha vida espiritual é assim desde que me entendo por gente. Se um critério para ser do PV é abandonar minha vida espiritual, então já sei pelo que vou optar. Vivo a minha fé e visitar igrejas faz parte da minha fé. Sou missionária da Assembleia de Deus”, disse Marina.

O terceiro motivo para o desgaste entre Marina e o PV foi político. Apesar de ter rompido com o PT, Marina mantém uma relação ambígua com o ex-presidente Lula. Suas recusas em criticar Lula publicamente durante a campanha provocaram estremecimentos entre a candidata e Guilherme Leal. Leal é simpático ao PSDB e doou dinheiro para a campanha do tucano Geraldo Alckmin à Presidência, em 2006. Por outro lado, Marina contrariou aliados ex-petistas quando decidiu não usar uma campanha em vídeo preparado por seu marqueteiro cujo slogan era “Marina, a verdadeira sucessora de Lula”. “A campanha era maravilhosa, impactante, contava a trajetória de vida dos dois, a proximidade deles”, diz um aliado. Marina mantém sua decisão: “Acho pretensioso, poderia parecer pretensioso (o vídeo). Eu tenho muita consciência do meu tamanho”.

O resultado da eleição confirmou que Marina é, ao menos em votos, a maior terceira via que o país já teve desde a redemocratização. Confirmou, também, que não havia lugar para Marina no PV – e no PV para Marina. “Não houve nenhuma sinalização do PV de que os compromissos com ela serão cumpridos, então não há condições de que ela permaneça filiada”, afirma João Paulo Capobianco, coordenador da campanha de Marina. Ele a acompanhará na desfiliação nesta semana, ao lado de outras lideranças do PV. A saída do partido não significa que Marina desistiu do sonho de ser presidente. Ela pretende criar um partido para se candidatar novamente, em 2014.

Fonte: Época

Vitória evangélica e da campanha do Pastor Silas Malafaia: PEC 23/2007 foi rejeitada por um voto na Alerj

A PEC 23/2007 que “visa acrescentar orientação sexual no rol das vedações a discriminação da Constituição do Estado do Rio de Janeiro” foi rejeitada por volta das 22 horas desta terça na Alerj. A pauta foi taxada de “PLC 122 carioca” e recebeu grande recusa dos seguidores do Pastor Silas Malafaia, que fez intensa campanha contra a proposta.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
A PEC obteve apenas 38 votos a favor e 39 de contra vetando a proposta, mesmo assim precisaria de 42 votos a favor para ter quorum e ser aprovada. O presidente da Alerj, deputado Paulo Mello, também vetou a proposta de voltar a pauta de votações e discussões da casa neste ano.

O plenário recebeu durante todo o dia diversos manifestantes e lideranças evangélicas que protestaram contra a proposta. Dentre os presentes estavam o pastor Marcos Gregório, do Ministério Apascentar de Nova Iguaçu, e representantes do Pastor Silas Malafaia. Os manifestantes recebiam com fortes vaias os discursos a favor da PEC e saldavam cada palavra a favor.

Também esteve presente diversos manifestantes pró-gays que queriam a PEC 23/2007 aprovada. Ao final da votação os presentes tiveram que ser contidos por uma sirene pois devido aos protestos de ambas as partes iniciaram um pequeno tumulto.

Os deputados que votaram a favor falaram em preconceito, homofobia e estado laico após a rejeição, já os deputados que votaram contra agradeceram ao presidente da casa e ao criador do projeto, deputado Gilberto Palmares (PT-RJ), pela cordialidade do debate. No total 29 deputados não votaram ou não estavam presentes no momento da votação.

Esta foi a segunda vez que a PEC 23/2007 entrou em pauta na Alerj, na primeira foi aprovada pela grande maioria dos deputados tendo apenas dois votos contra. Entre os que haviam votado a favor estavam diversos políticos evangélicos como o filho do Missionário R.R. Soares, da Igreja Internacional da Graça, e o irmão do Pastor Silas Malafaia que alegou não ter prestado a devida atenção no que seria a pauta quando votou a favor e nesta terça discursou contra a mesma.

Fonte: Gospel+

Funkeiro MC Marcinho afirma que quer ser pastor e que converte muitos nos bailes funks cariocas

Príncipe do Funk quer virar pastor. Na porta da casa de MC Marcinho, em Bangu, chama a atenção um Tucson com o adesivo “Jesus: neste nome há poder”. Não é à toa. Depois de sofrer um acidente de carro em 2006 e, quando ainda se recuperava, ser vítima de assalto a mão armada, o cantor se converteu e disse que, por isso, largaria o funk. Desde então, dezenas de produtores anunciam “shows de despedida”. Mas Marcinho garante: a apresentação desta sexta na Fundição Progresso não será a última. Ele vai abandonar o funk, mas só depois de divulgar o CD e DVD “Tudo é festa”, que a EMI deve lançar em julho.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
- Minha meta é virar pastor e ajudar as pessoas através do testemunho de que Deus me levantou e me tirou da cadeira de rodas. Mas minha agenda é muito corrida, e minha vida secular de cantor não me dá tempo – justifica Marcinho. – Vou parar, e isso é real. Mas tenho shows até o fim do ano e o contrato do DVD a cumprir com a gravadora.

Gravado há três anos no Circo Voador, o DVD tem participações de Sandra de Sá, Regina Casé e MCs como Bob Rum e Sapão. O repertório inclui hits das antigas como o “Rap do Solitário” e “Glamourosa” e músicas da nova fase evangélica do cantor, como “Deus é fiel”. Marcinho explica a demora do lançamento:

- Tivemos um problema com o DJ Marlboro, que não queria liberar algumas músicas minhas para um selo que não fosse o dele. Como a editora dele tem 25% desses direitos autorais, tivemos que insistir muito, e só agora ele aceitou. Não tenho raiva ou mágoa nenhuma. Orei bastante e já o perdoei.

A conversão à Igreja Batista fez o cantor mudar seus hábitos e se reconciliar com sua primeira mulher, Kelly, mãe de seus filhos Marcelo, de 9 anos, e Marcele, de 11. Ele é pai também de Marcinho, de 5, com a funkeira MC Cacau, e de Mateus, de 12, fruto de um outro relacionamento. Ao contrário de alguns músicos convertidos que negam seu passado musical, como Rodolfo Abrantes (ex-Raimundos), Marcinho diz que não se envergonha de nada do que fez no funk.

- O meu pastor é um antigo amigo de noitada, com o qual fazia as coisas erradas. Bebia demais, traía e mentia para minha mulher. Dizia que ia viajar para fazer show e saía para jogar. Nunca fui viciado em drogas como ele, mas meu vício eram jogos de baralho. Perdi dinheiro – ele lembra.

Marcinho diz nunca ter se envolvido com traficantes. Sequer gravou proibidões fazendo alusão a violência e facções criminosas. Mas tem uma música que gostaria de apagar do portfólio. Na verdade, uma paródia de conotação sexual que ele cantou de “Detalhes”, de Roberto Carlos. Um amigo gravou, e até hoje a versão gangsta circula pela internet:

- É a única coisa de que me arrependo na vida. Queria pedir perdão pessoalmente ao Rei, de quem sou fã.
Enquanto isso não acontece, ele segue sua missão:

- Vou aonde pastores não entrariam e converto as pessoas até em baile funk.

Fonte: O Globo

Tribunal de Justiça revoga anulação de união gay e juiz pode ser processado

A corregedora do Tribunal de Justiça de Goiás, desembargadora Beatriz Figueiredo Franco, “tornou sem efeito” nesta terça-feira (21) a decisão do juiz da 1ª Vara de Fazenda Pública de Goiânia Jeronymo Pedro Villas Boas, que anulou o contrato de união estável firmado pelo casal.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Na decisão, Villas Boas afirmou que o Supremo Tribunal Federal (STF) teria “alterado” a Constituição ao reconhecer as uniões entre pessoas do mesmo sexo. Ele determinou ainda que os cartórios da cidade não pudessem mais registrar uniões estáveis entre pessoas do mesmo sexo. A decisão administrativa da Corregedoria do TJ-GO anulou os efeitos das determinações do juiz.

Na decisão, a desembargadora aponta problemas na conduta do juiz. Segundo ela, Villas Boas agiu de ofício (sem ser provocado), não deu oportunidade aos envolvidos de se defender e contestar, além de ter contrariado decisão vinculante do STF, que obriga a administração pública a seguir a orientação.

O casal Leo Mendes e Odílio Torres foi o primeiro a oficializar a união estável, depois que STF reconheceu a união entre casais do mesmo sexo como entidade familiar. Nesta terça-feira (21), o casal embarcou para o Rio de Janeiro, onde pretendem oficializar novamente a união estável.

O caso será levado pela corregedora à Corte Especial do TJ-GO que pode abrir um processo administrativo contra Villas Boas. Antes da decisão da corregedora, a defesa do casal gay protocolou na tarde desta terça-feira um pedido para que o juiz reconsiderasse a anulação da união estável.

Além disso, a defesa ajuizou no STF uma reclamação contra o juiz. A advogada Chyntia Barcellos afirmou que, mesmo depois da decisão do TJ-Goiás, essas medidas servem como cautela.

O casal também fez reclamação contra Villas Boas pelo site do CNJ.

Fonte: G1

Pastores, padres e adeptos do ecumênismo participarão da Parada Gay

A entidade ecumênica Koinonia está organizando uma caminhada ecumênica na Parada Gay, que acontece no próximo domingo, 26, onde cerca de 200 pessoas devem se juntar ao grupo composto por pastores, padres, mães e pais de santo, seminaristas e leigos católicos e evangélicos para disseminar o discurso anti-homofóbico.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Juntos eles darão voz contra parlamentares cristãos e líderes religiosos que travaram uma batalha com os representantes de direitos humanos e de grupos homossexuais para barrar leis e projetos que beneficiem a homoafetividade e também tentam barrar proposta como o PL 122 que criminaliza toda opinião contrária ao homossexualismo.

De acordo com uma matéria da Revista Isto É, a Paróquia da Santíssima Trindade da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, no centro de São Paulo realiza batismo de homossexuais e a comunidade gay é bem recebida pelos heterossexuais. Isso acontece desde que o pernambucano Arthur Cavalcante assumiu como pároco, em 2005.

“Foi difícil tratar da diversidade sexual, falando para casais protestantes de 50 anos, com todo o peso religioso e a história cultural já vigentes”, conta ele que é um dos presentes ao evento do dia 26.
Além de Arthur Calvacante, o padre inglês James Alison, que mora no Brasil, também estará na Parada Gay.

Ele gerou polêmica quando se assumiu como homossexual diante da Igreja Católica que condena a prática e também impõe o celibato aos seus sacerdotes.

“A proporção de gays no clero é muitíssimo maior do que os 4% presentes na sociedade”, diz ele, que, entre outros afazeres, corre o mundo dando palestras em retiros para padres gays.

Fonte: Gospelprime

Time de futebol Manchester United contrata Pastor para cuidar da vida sexual dos jogadores

O técnico do Manchester United, Alex Ferguson, contratou um pastor para integrar sua comissão técnica. A finalidade é evitar que os atletas se envolvam em casos extraconjugais, como aconteceu recentemente com Ryan Giggs e Wayne Rooney recentemente.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
O pastor batista John Boyers [foto] já trabalha no clube como capelão desde 1992 e agora promoverá aulas de ética sexual.

“Eu faço alguns trabalhos, ensinando-lhes sobre situações que podem ocorrer ao longo da vida e como eles podem lidar com elas. Coisas como amizade, ética sexual, luto, bullying e preconceito, racismo. Tento ajudá-los a se preparar para a vida adulta. Também dou apoio pastoral e trabalho valores espirituais em todo o clube. As pessoas tem que me conhecem e confiam em mim, se abrem e falam comigo sobre suas vidas e problemas. Tivemos muitas situações no futebol que vão desde problemas com drogas a escândalos financeiros e problemas de comportamento que mostram que há um valor real em termos uma capelania.”, explica o pastor.

Um funcionário do clube acrescentou. “O pastor John é um membro altamente respeitado da equipe e faz o possível para ajudar nossos jogadores mais jovens a seguirem o caminho certo. Lidar com a fama e tudo o que vem com ela não é fácil.”

Fonte: Pavablog

Apóstolo Renê Terra Nova afirma que Correios lançou selo em sua homenagem, fiéis dizem que é falso. Compare

O Apóstolo Renê Terra Nova, afirmou em seu site que os Correios criaram e lançaram um selo comemorativo aos 50 anos do líder do MIR12. A iniciativa foi apresentada durante um dos eventos da denominação.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
A honraria teria sido recebida com festa e surpresa por Renê, segundo sua página, que afirma ter chorado na cerimônia na presença de Luquesia Maria Lemos, diretora dos Correios no Amazonas. A idéia partiu do Apóstolo Alexandre Monteiro, de Curitiba, um dos braços direitos do líder no M12 – ramificação do modelo G12 no Brasil – que de acordo com ele “através deste selo, cada lar do Brasil e das nações da terra estão de portas abertas para receber palavras que trazem prosperidade e vida”.

Segundo o site da denominação as 12 primeiras cartas já tem destino traçado para serem enviadas, em ordem: Governo de Israel, Presidente Dilma Roussef, Comando Geral do Exército Brasileiro, Estados Unidos (na pessoa do Sr. Almir Passoni), Apóstolo Fábio Abbud (em nome de todos os discípulos da Visao Celular no Brasil), Academia Brasileira de Letras, Prefeitura de Porto Seguro, Governador do Estado do Amazonas, Presidente e Vice Presidente da Câmara Municipal de Manaus, Apóstolo Anselmo e ao Ministério Internacional da Restauração, Sra. Guiomar de Araújo Terra Nova, Apóstola Ana Marita Terra Nova e seus filhos.

No Twitter o aniversário de 50 anos do Apóstolo Renê Terra Nova e o selo especial lançado foram recebidos com alegria pelos fiéis: “Se um dia na presença do Eterno vale por 1000 dias, imagine os próximos 18250, meio século. Meu Deus, parabéns pelo seu Natal”, afirmou o Pastor Lailton Barbosa para o Apóstolo.

Renê Terra Nova afirmou que “Está selado no reino do Espírito: Hoje a Visão Celular no Modelo dos 12 virou um selo. Efésios 1:13 diz que cada um de nós fomos selados pelo Espírito Santo. Cada um de nós foi
 selado como uma carta. Que estas cartas sejam um instrumento de salvação”.


Selo do Apóstolo Renê Terra Nova
Selo do Apóstolo Renê Terra Nova em homenagem dos Correios

Prostestos

Apesar da festa feita pelos seguidores de Renê Terra Nova, alguns cristãos na internet protestaram contra o Apóstolo – que já se auto-intitulou Patriarca – denunciando que a homenagem pudesse ser falsa. Embora o site do pregador e de sua denominação insistem em afirmar que foi uma honraria concedida pelos Correios, alguns fiéis denunciam que na verdade a homenagem seria apenas um selo personalizado comum que qualquer pessoa pode criar no site da empresa.

A denuncia aconteceu após alguns evangélicos terem reparado que o modelo é o mesmo dos disponibilizados na área de criação de selos por pessoas comuns no site dos Correios, basta apenas inserir uma foto para criar um selo personalizado próprio. No entendimento dos internautas a foto do Apóstolo foi apenas inserida no site e anunciada como homenagem injustamente. O custo do selo personalizado é de R$32 a dúzia, duas folhas com 12 tem o custo de R$24 cada
 .
Modelo do selo do Apóstolo Renê Terra Nova
 Modelo que teria sido usado para criar o selo do Apóstolo

A denuncia ganhou mais força porque a Assembléia de Deus ganhou um modelo próprio de selo em sua homenagem pelo Centenário, porém, o Apóstolo Renê Terra Nova não tem o seu, mas sim usa o pré-pronto “Ipê-bandeira” disponibilizado no site a um certo tempo. Outra denúncia é que o selo não é vendido ou encontrado em agências dos Correios do Brasil ou do Amazonas.

A discussão tomou conta de blogs e do twitter após o anúncio da homenagem, muitos defenderam o Apóstolo afirmando que há pessoas tentando discriminar o líder, outros afirmam que ele não sabia e por isso seria um mal entendido. Porém os denunciantes revelam que os Correios exigem que dono da imagem utilizada no selo personalizado tenha que assinar um termo autorizando seu rosto a ser exibido no mesmo, ou seja, Renê Terra Nova sabia e teria participado da criação do selo personalizado na forma como foi divulgado antes até da produção do mesmo, devido a autorização dos direitos de imagem.
Para fazer seu próprio selo, acesse o site dos Correios e confira os modelos.

O Apóstolo Renê Terra Nova não é bem visto por muitos evangélicos devido as doutrinas que prega.

Sempre envolvido em polêmicas diversas, o líder do MIR 12 teria comprado um jato com dinheiro de ofertas e utilizado de mensagens subliminares durante pregação para conseguir votos para o candidato José Serra na última eleição para Presidente. Recentemente acusou de “desocupadas” as pessoas que o criticam.

Atualização: O Gospel+ procurou diversas vezes a assessoria de imprensa do Apóstolo Renê Terra Nova e do MIR 12, mas a mesma não quis comentar o ocorrido.

Fonte: Gospel+

sexta-feira, 17 de junho de 2011

STF pode liberar o uso de psicoativos em cultos religiosos


Depois de liberar as passeatas pela descriminalização da maconha, o ministro Celso de Mello, relator do processo, acredita que em breve o Supremo Tribunal Federal (STF), será acionado para liberar o uso de psicoativos em cultos religiosos.

No Brasil é permitido apenas o uso do chá ayahuasca em cerimônias religiosas, com a Resolução número 1 de 2010, do Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas (Conad), as religiões como o Santo Daime e a União do Vegetal têm aspecto legal para fazer uso de psicoativos.

O ministro afirma que uma futura provocação no STF poderia liberar também o uso de outras substâncias para fins religiosos, como a própria maconha ou o chá de maconha.

“Hoje, a Constituição do Brasil, cuidando da liberdade religiosa, que admite múltiplas interpretações, reconhece o direito a quem pratica qualquer religião, e o Estado tem que respeitar qualquer liturgia. Se alguém pretender discutir esse tema, é evidente que isso pode ser debatido em uma ação no Supremo”, afirma Mello.

Na ação julgada na última quarta-feira (15), a Associação Brasileira de Estudos Sociais do Uso de Psicoativos (Abesup) chegou a pedir que o uso de substâncias ilícitas fosse liberado em cerimônias religiosas. Entretanto, os ministros negaram a análise da questão porque entenderam que ela extrapolava o pedido inicial do Ministério Público, que era somente a liberação das marchas pela legalização da maconha.

Fonte: Gospel Prime

Com informações Jornal do Brasil

Igreja Universal realiza evangelismo em Tel Aviv, Israel

A Igreja Universal do Reino de Deus realiza campanhas de evangelização em várias cidades do mundo onde possui um templo. Esse trabalho também aconteceu recentemente em Tel Aviv, Israel, onde um grupo de evangelistas saiu às ruas para falar do amor de Deus.

O grupo passava convidando os sofridos para participar do evento chamado “Negatividade, Não!” Que tinha o objetivo de “livrar” as pessoas de “forças que trazem negatividade” e mostravam que existe um poder que pode edificar as vidas e fazer o impossível acontecer.

Como exemplo de que é possível sair de situações difíceis, o site Arca Universal mostra o testemunho de Mila, uma fiel que chegou na igreja com a vida bastante complicada e teve vitórias depois de passar pelas reuniões de Conquistas Financeiras.

“A minha situação, quando aqui cheguei, era muito complicada. Escutava apenas pela rádio, participava do copo com água consagrado através da oração do bispo. Até que determinei que teria o meu restaurante e assim foi”, conta bem satisfeita. Mila está feliz e muito realizada, pois há pouco tempo inaugurou outro restaurante, após ter participado do propósito da Fogueira Santa de Israel.

Fonte: Gospel Prime

Com informações Arca Universal

Site romeno vende perdão para pecados de vivos e de mortos



Um site romeno, o Cristi Ortodox, está cobrando o equivalente a R$ 54 reais para perdoar pecados de pessoas vivas ou mortas através de orações.

Os internautas também podem pedir orações por outras áreas como saúde e bons resultados escolares.
Essas orações são feitas ao vivo e em voz alta.

O serviço está sendo oferecido por um convênio com quatro igrejas ortodoxas e o assinante escolhe de qual delas deseja receber oração. O pagamento é feito por cartão de crédito ou por PayPal e os valores são divididos pelas igrejas.

O Christian Post divulgou que o site não tem aprovação da Igreja Ortodoxa de Romênia, de acordo com as palavras de um sacerdote da Igreja Ortodoxa de Houston, Estados Unidos.

“O que sei é que os líderes ortodoxos romenos não estão de acordo [com o site], porque são muitos tradicionais”, disse Father Iulian Anitei.

Mas apesar de não aprovarem o projeto, Anitei confirma que as igrejas estão recebendo o dinheiro arrecado pelas orações. O sacerdote americano diz também que diferentemente do que o site dá a entender, “não é que fiéis esperam de Deus perdão de seus pecados porque deram dinheiro, mas é uma maneira de expressar a sua profunda fé”.

Fonte: Gospel Prime

Com informações Paulopes

Centenário AD: Milhares de fiéis lotam o estádio do Mangueirão em Belém do Pará

Na noite desta quinta-feira, 16, mais de 45 mil pessoas lotaram o estádio do Estádio Olímpico do Mangueirão em Belém do Pará para festejar os 100 anos da igreja Assembleia de Deus.

O louvor ficou por conta de Elaine de Jesus, Dedos de Davi, Mara Lima, Quarteto Gileade, Marco Feliciano, Roberto Marinho, Cristina Mel entre outros e a ministração principal da noite foi feita pela Missionária Helena Raquel.

Vários pastores de diversos ministérios estiveram juntos para comemorar esta preciosa data para os evangélicos brasileiros. Entre eles estavam o pastor e deputado Marco Feliciano, o apóstolo René Terra Nova e até o pastor José Wellington Bezerra, presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) que organizou outras comemorações na semana passada.

A participação do presidente da CGADB foi comemorada por todos que acreditavam que a Celebração do Centenário poderia unir os líderes das ADs. Inclusive o pastor Marco Feliciano comemorou a presença do pastor no culto; “Que festa linda! Pr.Samuel Camara de parabéns! Emocionante ver o Pr. José Wellington na festa dando uma palavra viva! O diabo foi derrotado!” escreveu Feliciano em seu twitter.

Nesta sexta-feira, 17, terá outras comemorações, as festividades do Centenário em Belém acontecerão até o dia 18 de junho.

Fonte: Gospel Prime

Centenário da Assembleia de Deus é destaque no Jornal Nacional

A capital do Pará está recebendo a visita de milhares de pessoas para um aniversário. No sábado, a Igreja Assembleia de Deus completará 100 anos de existência e foi em Belém que ela surgiu.

Era 1910 quando os suecos Daniel Berg e Gunar Vingren receberam a missão de pregar o evangelho em um lugar chamado Pará. Foram 14 dias de barco dos Estados Unidos, onde moravam, até chegar a Belém pelas margens da Baía do Guajará.

Um grupo da igreja batista recebeu os missionários. No ano seguinte, os dois fundaram a Assembleia de Deus. A capital paraense foi o ponto de partida de um processo de evangelização que se espalhou rapidamente pelo interior.

Hoje são 110 mil igrejas no Brasil, frequentadas por 12 milhões de fiéis, segundo a Assembleia, e inúmeras obras sociais.

Em casa de apoio em Belém, a igreja mantém uma creche para 200 crianças, oferece assistência a quem está em tratamento médico e também às vitimas de violência sexual. Todo cuidado e carinho que esses pequenos recebem dependem da dedicação de 30 voluntários.

“Eles estão carentes de amor, carinho, atenção. E eu procuro dar de tudo um pouquinho”, conta a professora voluntária Elaine Costa.

As celebrações pelo centenário começaram nesta quinta-feira (16). Foram inaugurados, em Belém, o Museu Nacional da Assembleia de Deus e um centro de convenções com capacidade para 20 mil pessoas.

“Nós estamos realmente felizes, em receber o Brasil todo nesse lugar e todo mundo vai conhecer o espírito do Amazônida e, sobretudo de uma igreja extremamente feliz”, afirma Samuel Câmara, líder da Assembleia de Deus no Pará.

“Sentimento de prazer, felicidade por ver nós chegarmos ao centenário”, vibra uma mulher.
 
                                                                             Assista:


Fonte: Gospel Prime

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Profecia maia sobre fim do mundo aumenta número de seitas apocalípticas na França

Um relatório divulgado na França recomenda maior vigilância por parte das autoridades públicas diante do surgimento de seitas apocalípticas baseadas na profecia maia que prevê o fim do mundo para o dia 21 de dezembro de 2012.

O documento anual da Missão Interministerial de Luta contra as Seitas (Miviludes) foi entregue nesta quarta-feira, 15, ao governo francês  e diz que os poderes públicos devem “aumentar a vigilância” contra “atos extremos” que podem ser cometidos pelos cidadãos conduzidos por esses discursos milenaristas.

O relatório aponta que, no ano passado, foram registrados 2,5 milhões de sites referentes ao fim do mundo em dezembro de 2012.  Essa data marca o final do calendário maia e também representa a 183ª já anunciada como dia do fim do mundo desde a queda do Império Romano.

O que tem gerado o aumento dessas seitas é a proliferação das novas tecnologias que está promovendo “uma ressonância amplificada” para a profecia de 2012. Somado a isso temos a crise econômica mundial e as catástrofes naturais que dão aos cidadãos “uma razão extra para crer no fim do mundo”.

As seitas que se baseiam em previsões apocalípticas são “mais alienantes e mais manipuladoras que as outras” e suas estruturas são “mais histéricas e fanáticas”, acrescenta o estudo.

Em 1995, houve um suicídio coletivo na França onde 16 membros da seita da Ordem do Templo Solar na colina de Isère, perto da fronteira franco-suíça, que se atearam fogo.

A Miviludes mantém atenção especial sobre a localidade de Bugarach, uma pequena comuna do sudeste da França situada junto a um penhasco considerado por diversas profecias que circulam pela internet como o único lugar que se salvará do apocalipse de dezembro de 2012.

O povoado, de menos de 200 habitantes, viveu nos últimos meses uma explosão da demanda imobiliária. Além disso, proliferam os pedidos de reservas de quartos para essa data na localidade, disse em entrevista ao jornal Le Figaro o prefeito da comuna, Jean-Pierre Delord.

Fonte: Gospel Prime

Com informações Terra

Pastoras lésbicas, Lanna Holder e sua companheira farão evangelismo na Parada Gay em SP

Depois de inaugurar em São Paulo a igreja Cidade Refúgio, um ministério inclusivo que buscar a evangelização de homossexuais, as pastoras Lanna Holder e Rosania Rocha estarão evangelizando na Parada Gay que acontecerá no dia 26 de junho.

O casal de pastoras, juntas há nove anos, diz em uma reportagem ao portal G1 que pretendem fazer o trabalho de evangelismo no começo do evento, pois os participantes usam drogas e álcool e isso impediria o recebimento da Palavra de Deus.

“Durante [a parada] e no final, por causa das bebidas e drogas, as pessoas não têm condição de serem evangelizadas, então temos o intuito de evangelizar no início para que essas pessoas sejam alcançadas”, diz.

É por essas atitudes que elas dizem que a Parada perdeu o motivo principal que seria a reivindicação pelos direitos humanos. “A maior concepção dos homossexuais que estão fora da igreja é que, se Deus não me aceita, já estou no inferno e vou acabar com minha vida. Então ele cheira, se prostitui, se droga porque já se sente perdido. A gente quer mostrar o contrário, que eles têm algo maravilhoso para fazer da vida deles. Ser gay não é ser promíscuo.” São as palavras de Lanna Holder.

De acordo com a reportagem elas chegaram a participar de sessões de descarrego e de regressão por causa das inclinações sexuais de ambas. “Tudo que a igreja evangélica poderia fazer para mudar a minha orientação sexual foi feito”, afirma Lanna. “E nós tentamos mudar de verdade, mergulhamos na ideia”, diz Rosania. As duas eram casadas na época em que se envolveram pela primeira vez.

Hoje elas acreditam que a homossexualidade não é uma opção, mas algo intrínseco na pessoa. “Conforme fomos passando por essas curas das quais não víamos resultado, das quais esperávamos e ansiávamos por um resultado, percebemos que isso não é opção, é definitivamente uma orientação. Está intrínseco em nós, faz parte da nossa natureza.”

Fonte: Gospel Prime

Com informações G1

Grupo extremista mulçumano mata pastor na Nigéria

No dia 7 de junho extremistas mulçumanos da seita Boko Haram atiraram contra uma igreja no norte da Nigéria matando o reverendo David Usman, 45 anos, e seu secretário Hamman Andrew.

O reverendo Tito Dama Pona, pastor da Igreja Evangélica Vencendo Tudo (ECWA) em Maiduguri, disse que o pastor Usman foi morto e baleado por membros da Boko Haram, em um bairro ferroviário próximo da igreja que Usman liderava.

“Os cristãos se tornaram alvos desses militantes muçulmanos e já não se sentem livres circulando pela cidade; a maioria das igrejas não realiza seus cultos, com medo de se tornar alvo dos ataques que estão ocorrendo”, disse Pona.

Essa onda de ataques está acontecendo com frequência no norte da Nigéria desde o começo do ano. De acordo com os moradores locais o grupo extremista que impor a sharia (lei islâmica) em todo o norte da África.

O reverendo Logan Gongchi chegou a afirmar que o pastor morto se queixou uma vez das atividades da Boko Haram, dizendo que o governo nigeriano deveria enfrentar o grupo extremista, que mata muitas pessoas inocentes. Usman pediu que orassem por ele, pois não sabia como seria o fim desse conflito com os extremistas muçulmanos.

O significado do nome Boko Haram é interpretado no sentido figurado como “contra a educação ocidental”. Alguns acreditam que isso tem como significado ir contra a fé judaico-cristã. O desejo desse grupo é que a Nigéria se torne um Estado teocrático islâmico.

Fonte: Gospel Prime

Com informações Portas Abertas

Arqueólogos descobrem ruínas de uma igreja cristã em Israel

Uma igreja cristã do início do período bizantino foi achada por arqueólogos na cidade de Acre, ao norte de Israel. Segundo a Autoridade de Antiguidades, o prédio é do período entre os anos 324 a 638 depois de Cristo, com características bizantinas (o Império Bizantino sucedeu o Romano em poderio no mundo conhecido da época), com cerca de 1.500 anos.

A igreja foi encontrada pela Autoridade de Antiguidades de Israel, órgão governamental responsável pelo patrimônio histórico no que concerne a artefatos e imóveis, que estava investigando uma escavação não autorizada para a construção de um shopping center na área. Diante dos resquícios significantes de ruínas, o órgão resolveu continuar a exploração.

A igreja remete ao início do cristianismo, com indícios palpáveis que comprovam a informação. Na região algumas residências de cristãos já foram encontradas, mas essa é a primeira vez que um prédio público foi encontrado em Acre.

Em uma das salas da antiga igreja foi achado um piso em mosaico. Na área externa, foi encontrado um poço, que abastecia o complexo de água fresca. O prédio é feito de pedra com enfeites em mármore, com partes forradas de azulejos decorados, ornados com vasos de cerâmica. Também foram encontradas no local moedas e telhas da época.

Fonte: Gospel Prime

Com informações Arca Universal

Igreja Universal distribuí óleo consagrado em Israel aos fiéis na Europa

No último domingo, 12, as Igrejas Universais do Reino de Deus da Europa entregaram aos fiéis o “Óleo da Resposta” elemento consagrado na Terra Santa para trazer respostas para diversos problemas como problemas de família, doenças e etc.

O Centro de Ajuda Espiritual (como é chamado os templos da IURD na Europa) de Roma teve um apelo especial, o pastor Wagner Simões orou pelos que estavam doentes, depressivos e sob o domínio dos vícios, determinando a libertação e cura de todos.

Ele também explicou que a força do óleo não está na composição física, mas no que ele representa. “O óleo representa o Espírito Santo. E somente Ele é capaz de guiar, orientar e trazer uma vida plena de felicidade para o ser humano”, explicou.

A igreja se baseia no versículo de Marcos 6:13 para justificar a entrega do óleo consagrado em Israel. “E expulsavam muitos demônios, e ungiam muitos enfermos com óleo, e os curavam,” diz o texto bíblico.

No site Arca Universal há o testemunho de uma jovem senhora, Carla Maciel, que estava com problemas financeiros e passou a frequentar a IURD e com a ajuda dessas campanhas conseguiu recuperar suas finanças.

“Meu marido trabalhava como contador em uma empresa alemã, que faliu. Com isso, os alimentos básicos como, por exemplo, o pão e a carne faltavam na minha casa, pois o dinheiro acabava e o mês continuava.

Como se não bastassem às dificuldades financeiras, eu e meu marido passamos a brigar constantemente”, lembra.

Depois de participar dos cultos no Centro de Ajuda Espiritual ela conquistou uma casa e seu marido conseguiu êxito profissional. “Hoje temos uma vida financeira estável,” diz.

Fonte: Gospel Prime

Com informações Arca Universal

Declarações de Ricardo Gondim sobre a volta de Cristo deixam pastores indignados

O vídeo onde o pastor Ricardo Gondim ensina os pastores da Igreja Betesda que o Arrebatamento da Igreja é uma utopia causou revolta entre pastores e escritores de outras denominações.

Alguns chegaram a dizer que esse declaração prova que ele é realmente o herege da vez, título já concedido por outras declarações como negar a soberania de Deus sobre o mundo e também por defender o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

O pastor Ciro Sanches Zibordi, que é editor e colunista do Christian Post chegou a dizer em seu blog que o líder da Betesda criou a escola “gondimista” que tem se revelado “antibíblica e relativista” ao defender o teísmo aberto, apoiar a união entre pessoas do mesmo sexo e também por não acreditar no Arrebatamento da Igreja.

“Como pode um pastor, que já foi um referencial de pregador no Brasil, ignorar as promessas do Senhor registradas em João 14.1-3 e Apocalipse 22.20?” Questiona o pastor Ciro.

Renato Vargens, escritor e pastor da Igreja Cristã da Aliança, também ficou inconformado com os dizeres do pastor da Betesda sobre a Volta de Cristo, uma das principais doutrinas cristãs que ele classificou como uma utopia, ou seja, algo que não vai acontecer.

O escritor pede aos seus leitores para que orem pelo pastor da Betesda, pois ele “brevemente se transformará em um falso profeta”, diz Vargens que confessa já ter admirado as palavras de Gondim em outros tempos.

Quem também manifestou sua opinião sobre os ensinamentos deste vídeo foi o pastor Leonardo Gonçalves, editor do blog Púlpito Cristão, que fez um pequeno resumo sobre a esperança dos cristãos pela volta de Cristo e citou alguns textos bíblicos que comprovam que Ele voltará.

Falando sobre a reunião de pastores da Betesda, Gonçalves escreve que o líder da denominação “enveredou de vez no terreno dos falsos profetas” principalmente ao citar uma obra de Jurgen Möltmann, considerado pelo editor do Púlpito Cristão como um escatólogo de linha liberal.

Essa “é a prova cabal de que Gondim há tempos deixou de beber nas fontes sagradas para embriagar-se das heresias de Charles Hartshorne, Jurgen Moltmann, Overback, etc. Gondim definitivamente trocou Jesus por Nietzsche, Paulo por Karl Marx, Pedro por Clark Pinnock e o céu pela terra,” escreveu Leonardo Gonçalves.

Fonte: Gospel Prime

Angolanos acusam pastores brasileiros da Igreja Mundial de desviarem US$ 3 milhões em dízimos

Alguns jornais angolanos estão divulgando uma denúncia de que pastores brasileiros da Igreja Mundial do Poder de Deus de Angola estão desviando dinheiro da igreja para benefício próprio.

De acordo com o jornal semanal Agora, o bispo Juliano Marques responsável pelos trabalhos no país africano demitiu pelo menos três pastores que teriam descoberto que os brasileiros responsáveis pela IMPD teriam desviado para seus bolsos US$ 3milhões de dólares. Esse dinheiro é fruto de dízimos e da venda de canetas e gravatas “com poder de cura divina”.

Ainda segundo informações do periódico angolano, os brasileiros estão aplicando o dinheiro do dízimo em negócios próprios em Angola e no exterior. Marques também estaria pagando por mês cerca de US$ 28 mil (R$ 44,4 mil) pelo aluguel de um casarão em Talatona, o bairro dos ricos de Luanda. Sendo que o salário de um pastor angolano é 30 mil kwanzas, o que corresponde a US$ 344 ou a R$ 546.

O site AngoNotícias também divulgou o assunto e um dos leitores comentou que o governo local precisa tomar providências diante desses brasileiros que vão até a Angola para roubar o povo. “O governo angolano é tímido em agir perante estes casos, sobretudo perante aos brasileiros que vêm roubar o povo. [O governo] só olha os bandidos das ruas e esquecem os bandidos e diabos brasileiros que enganam os angolanos diariamente”. Disse um leitor.

A IMPD abriu a primeira filial na Angola no ano passado e funciona em um templo provisório na capital Luanda. Até o momento nenhum representante da igreja de Valdemiro Santiago comentou as acusações.
O bispo Marques foi para Angola para substituir o bispo Marcelo Paiva que resolveu abrir o ministério Sê Tu Uma Benção de Deus, também na Angola.

Fonte: Gospel Prime

Com informações AngoNotícias

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Ex-bispo da IURD acusa advogado da igreja de vender suas emissoras de rádio com procuração falsa

O ex-bispo da Igreja Universal Jorge Coelho da Cunha entrou com ações judiciais na Bahia e em Pernambuco para reaver três emissoras de rádio que, segundo ele, teriam sido tiradas dele por meio de procuração falsa.

Cunha rompeu com a IURD em 2002, depois de 10 anos sendo o bispo responsável pelos trabalhos no nordeste do país.

De acordo com uma reportagem da Folha de São Paulo, a cota que o ex-bispo tinha nessas rádios foi vendida por meio de um documento de um procurador assinado pelo advogado Marcelo de Lima Brasil, que presta serviços jurídicos à igreja.

Esse advogado teria assinado as transferências em juntas comerciais da Bahia e de Pernambuco se apresentando como procurar do ex-bispo e da ex-mulher dele.

Procurado pela reportagem da FSP o advogado disse que não se lembrava dos processos e nem sabe se eles “existiram”. E ainda afirmou que, caso tenha sido “alguma coisa de cliente”, “existe o sigilo” e a “ética profissional” que o impedem de falar.

Jorge da Cunha afirma na Justiça que demorou a reivindicar a retomada das rádios porque teria sofrido perseguição religiosa. Disse que, após o rompimento, viu-se forçado a deixar o país, e morou por cinco anos nos Estados Unidos.

A Folha tentou entrar em contato com a advogada da Universal, Simone Galhardo, que respondia interinamente pela diretoria jurídica, disse que a igreja não é parte no processo. O bispo Edir Macedo também não aparece como réu.

Esse não é o primeiro processo envolvendo ex-líderes da IURD e  propriedades de radiodifusão. Em 2007, a Justiça do Rio condenou o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) a pagar R$ 1,5 milhão ao ex-bispo Paulo Roberto Gomes da Conceição, referente a ações da TV Cabrália, de Itabuna (BA), depois de uma sociedade desfeita.

Outro processo parecido corre em Santa Catarina, onde o ex-bispo Marcelo Nascente Pires tenta anular a transferência de ações das TVs Itajaí e Xanxerê. Em outra ação em Curitiba (PR), ele acusa dirigentes da igreja de fraude.

Com informações Folha de São Paulo

Comemorações do Centenário promovidos pela Igreja-mãe acontecem de 16 à 19 de junho em Belém

Começam nesta quinta-feira as programações especiais para comemorar os 100 anos da Assembleia de Deus no Brasil. Na cidade de Belém do Pará, onde tudo começou, haverá uma série de eventos.

A começar pela inauguração, que acontece no dia 16, do Museu Nacional da Assembleia de Deus, que contará com um rico acervo literário, peças sacras, fotografias, instrumentos de trabalho e objetos pessoais das personalidades que participaram da construção dessa memória. O prédio foi totalmente restaurado e a fachada é uma réplica da casa da irmã Celina Albuquerque, na Cidade Velha, onde aconteceram as primeiras reuniões dos fundadores da Igreja, Gunnar Vingren e Daniel Berg.

Ainda na quinta-feira acontecerá abertura oficial da Avenida do Centenário, trecho que liga a Avenida Júlio César à Avenida Augusto Montenegro. O nome da via foi mudado por uma homologação assinada em 17 de maio pelo prefeito de Belém, Duciomar Costa.

Também será inaugurado o Centenário Centro de Convenções, maior obra ligada aos 100 anos da Igreja, abre as portas às 10h, do mesmo dia 16. E à noite, às 19h, será realizada a primeira grande concentração no Estádio do Mangueirão, que terá shows e cultos especiais.

Na sexta-feira, 17, às 8h, o Centenário Centro de Convenções recebe o Impacto Pentecostal. O evento reforçará a onda de avivamento que se tornou a Igreja em todo o mundo. À noite, novamente, os fieis se reunirão no Estádio do Mangueirão, para louvar a Deus por meio dos cultos e das apresentações musicais.

No sábado, 18, a Carreata do Centenário reunirá mais de 200 mil pessoas, inclusive de outras religiões. A concentração será a partir das 8h, na Escadinha do Cais do Porto, ao lado da Estação das Docas, região portuária da capital paraense. Antes da saída dos veículos e trio elétrico, haverá uma encenação teatral que reproduzirá o desembarque dos fundadores da Assembleia de Deus, em Belém. No Mangueirão, a partir das 19h, será realizada a última noite de cultos e shows, com emoção especial já que é no dia 18 de junho que se completam os exatos 100 anos de fundação da Igreja.

Para o dia 19, está programado o Batismo do Centenário, na praia Grande, em Outeiro. São aguardadas cerca de cinco mil pessoas, a serem batizadas na Assembleia de Deus.
A Assembleia de Deus do Belém pretende reunir cerca de 500 mil pessoas durante essas programações, parte delas virá de municípios paraenses, de outros estados brasileiros e de vários países.

Fonte: Gospel Prime

Projeto de Lei que obriga ensino religioso em escolas municipais do Rio causa polêmica

Uma audiência pública realizada nesta terça-feira, 14, mostrou que representantes das minorias religiosas temem o aumento do preconceito entre estudantes e suas famílias caso a lei de obrigatoriedade do ensino religioso em escolas municipais seja aprovada na Câmara do Rio de Janeiro.

O projeto é de autoria do prefeito Eduardo Paes (PMDB) que pediu urgência na votação. A intenção dessa lei é levar o ensino religioso para o currículo escolar de 1.063 escolas.

Enquanto os grupos de minorias se baseiam no artigo 19 da Constituição que garante o Estado laico, a projeto do prefeito está apoiado no artigo 210 da Carta Magna e conta com o respaldo do artigo 33 da lei 9.394 das Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

De acordo com babalaô Ivanir dos Santos, interlocutor da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa, o problema dessa obrigatoriedade é que os professores vão fazer a cabeça dos alunos para convertê-los. “O ensino religioso já existe nas escolas estaduais do Rio. E nós sabemos que todas as vezes em que os segmentos mais hegemônicos entram na escola, eles começam a fazer a cabeça de alunos para entrarem nas suas religiões e perseguirem as religiões de matrizes africanas.”

Ele afirma que se a pluralidade das diferentes religiões não for respeitada, irá recorrer ao STF. “Se houver cerceamento às religiões de matrizes africanas vamos recorrer ao Judiciário. Ou é para todo mundo ou não é para ninguém”.

O projeto foi tirado de pauta, mas deve voltar a ser votado em breve. Caso seja provado, a prefeitura terá que contratar 600 novos profissionais que deverão ter licenciatura em Sociologia, Filosofia ou História, ou bacharelado em teologia desde que comprovada, também, licenciatura plena em outros campos específicos do conhecimento que façam parte das disciplinas obrigatórias do ensino fundamental.

O representante do Conselho Nacional de Educação (CNE) no Rio de Janeiro, o professor de Sociologia da Educação da UFRJ Luiz Antônio Cunha recomendou aos vereadores que aguardem a formação de uma comissão intercameral para estudar as questões e propor normas para orientar o ensino religioso nas escolas públicas.

“Pesquisas realizadas por docentes da UFRJ e da USP mostram que o ensino religioso tem sido evocado como um mecanismo de controle individual e social supostamente capaz de acalmar os indisciplinados, de conter o uso de drogas, de evitar a gravidez precoce e as doenças sexualmente transmissíveis”, afirmou Cunha, sem, no entanto sinalizar com uma data para a apresentação das normas indicativas.

O vereador Paulo Messina (PV), que é contra esse projeto, já escreveu uma emenda para tornar o ensino opcional, no lugar de obrigatório e também para que essa aula seja ministrada somente depois do horário das aulas. “Isso limitaria a proposta a ser aplicada apenas nas escolas que oferecem horário integral o que hoje, no Rio, não passa de 200,” disse.

Com informações IG

Graça Music se prepara para lançar o CD Minhas Canções Vol. 4


A Graça Music se prepara para lançar o CD “Minhas Canções na Voz dos Melhores – vol.4”, uma coletânea que reúne os melhores cantores do casting da gravadora cantando músicas inesquecíveis escolhidas pelo missionário R.R. Soares que também aparece na capa.

O quarto volume CD Minhas Canções na Voz dos Melhores traz os cantores Thalles, Bruna Olly, Soraya Moraes, David Fantazzini, Mariana Valadão, Trazendo a Arca e muitos outros.

Ao todo são 14 canções interpretadas por 14 bandas e cantores diferentes.

Confira a lista de músicas:

1- Escrita pelo dedo de Deus (Thalles)
2- Jesus, quero santidade (Bruna Olly)
3- Mostre o Teu Amor (Soraya Moraes)
4- Ele reina (Joe Vasconcelos)
5- Deus cuidará de mim (Banda e Voz)
6- Ele Veio (David Fantazzini)
7- Puro Amor (Rafael Araújo)
8- Eu descobri (DiscoPraise)
9- Fuja (Fernandes Lima)
10- Armadilha de Dalila (Fabiano Motta)
11- Grande Senhor (Mariana Valadão)
12- A Jesus seguirei (Trazendo a Arca)
13- O meu Deus é maior (Michele Borges)
14- Veja bem (Sandro Nazireu)

Fonte: Gospel Prime

Com informações Graça Music

André Valadão grava participação no programa Tudo é Possível

O cantor André Valadão estará em São Paulo no dia 16 de junho, quinta-feira, para participar da gravação do programa Tudo é Possível, da Rede Record.

André estará se apresentando e conversando a apresentadora Anna Hickmann.

A atração vai ao ar no próximo dia 26 às 12h.

Fonte: Gospel Prime

Aline Barros renova contrato com a gravadora MK Music

Um dia marcante. Foi assim o expediente de todos os colaboradores do Grupo MK de Comunicação. Afinal, Aline Barros, um dos mais expressivos nomes do gospel nacional, renovou contrato com a MK Music, gravadora que está há mais de 25 anos no mercado, e é pioneira na profissionalização do segmento música gospel. Desde 2004, Aline é artista exclusiva da MK, exatamente há sete anos, onde já lançou três CDs de carreira (Som de Adoradores, Caminho de Milagres, e o novíssimo Extraordinário Amor de Deus), dois infantis (Aline Barros & Cia 1 e 2) e cinco DVDs (Som de Adoradores, Caminho de Milagres, Aline Barros Na Estrada, e Aline Barros & Cia 1 e 2). E prepara o CD e DVD Aline Barros & Cia 3.

A cantora, grávida de quatro meses de uma menina, chegou à sede da MK Music no Rio de Janeiro acompanhada de seu marido, o pastor Gilmar Santos. Ela foi recebida com festa por todos, felizes pela continuidade dessa vitorio sa e próspera aliança. “Esse ano tem muita coisa para acontecer, muitos projetos e novidades. Estou muito feliz por mais esse tempo que Deus está proporcionando para caminharmos juntos.

Os anos anteriores foram de bênçãos para nós e os que virão pela frente serão maravilhosos. Os projetos que nascem no coração de Deus são plantados no nosso coração e a gente precisa de pessoas, equipes, para que eles tornem-se palpáveis. Louvo a Deus pela família MK, por essa equipe linda. Que Deus abençoe mais ainda essa empresa, os projetos e as pessoas que trabalham aqui”, afirmou a cantora e pastora, que é membro da Comunidade Evangélica Internacional da Zona Sul.

A diretoria da MK Music estava reunida. A presidente, Yvelise de Oliveira, falou sobre a renovação. “Nós estamos muito felizes, lutamos muito com Aline, queremos que ela seja o que Deus planejou pra ela e isso está dentro do meu coração. Vocês vão ver o que vai acontecer, ela vai explodir no mundo. Ela é o máximo”, declarou Yvelise, que está terminando pessoalmente o figurino para os próximos CD e DVD infantis Aline Barros & Cia 3. O Pr. Gilmar orou e intercedeu para que Deus continue abençoando esse “casamento”. “Estamos aqui assinando esse contrato gratos porque sabemos que isso é projeto Seu”, declarou.

“A gente espera que esses anos sejam de muitas vitórias, que abençoem muito o povo de Deus. Estamos preparando muitas surpresas, se preparem porque a família brasileira vai sofrer um grande impacto. Estejam orando para que esse projeto alcance multidões. Mais uma vez obrigada MK por estar acreditando e fazendo parte da nossa família”, agradeceu Gilmar, ao falar sobre a expectativa com o que vem pela frente.

Afinal, onde há comunhão, Deus ordena a bênção. E toda glória e honra sejam dadas ao Senhor Jesus Cristo.

Assessoria

Igreja Universal pagou R$ 480 milhões por seus programas na Rede Record em 2010

De acordo com o programa Ooops! a Igreja Universal do Reino de Deus colocou R$480 milhões nos cofres da Rede Record em 2010. Esse valor representa cerca de R$40 milhões por mês para quitar os programas religiosos que ocupam a programação da madrugada.

A reportagem usou um estudo inédito e sigiloso que mostra as operações financeiras da emissora de Edir Macedo. Mas apesar desse montante que entra todos os meses, a Record fechou o ano de 2010 com um prejuízo de R$1,7 milhão, segundo informações do Diário Oficial Empresarial publicado em 31 de maio.

O faturamento total da emissora foi de R$1,9 bilhão, ou seja, quase 1/4 (um quarto) do que a Record fatura vem da IURD.

É importante dizer que essa relação entre a emissora e a igreja não apresenta  transação financeira ilegal, qualquer instituição religiosa pode alugar espaço em redes de televisão. Tanto que a própria IURD mantém programas na TV Gazeta e até tentou negociar a programação do SBT.

Fonte: Gospel Prime

Assembleia de Deus Vitória em Cristo abre igrejas no sul do país

A igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo (Advec) liderada pelo pastor Silas Malafaia está se preparando para inaugurar mais dois templos no Sul do país, um na cidade de Mafra e outro em Joinville, ambas localizadas no estado Santa Catarina.

Essas novas unidades seguem o objetivo de evangelizar as cidades do sul. A primeira cidade a receber uma Advec foi Curitiba, capital do Paraná.

Em Mafra as reuniões já começaram, mas o prédio está em reforma e ficará pronto até o final de julho. Atualmente cerca de 35 pessoas participam das reuniões que acontecem todas as quartas e sextas-feiras às 20h e aos domingos ás 18h30.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo de Mafra é liderada pelo pastor Marcelo Graça e está localizada na Rua Gustavo Friedrich, s/n, no bairro Vila Nova, em frente ao Lar dos Velhinhos.

Já em Joinville os cultos começaram em 15 de maio em um espaço cedido por um clube, hoje cerca de 50 pessoas participam das reuniões. O pastor Almir Arruda é responsável pelos trabalhos locais e está reformando um espaço que também ficará pronto até o final de julho.

Até lá os cultos que acontecem nas segundas e quartas-feiras às 19h30 e aos domingos às 19h continuam sendo realizados no salão da M4 Festas e Eventos, na Avenida Getúlio Vargas, 653, bairro Bucarein.


Fonte: Gospel Prime

Com informações ADVEC

Jovens fazem orações por vestibulandos da UnB


Um grupo de jovens da Igreja Presbiteriana de Brasília realizou uma campanha de oração pelos candidatos que chegavam ao colégio Leonardo Da Vinci para realizar o vestibular da Universidade de Brasília (UnB) no último domingo, 12.

Os quatro jovens abordavam os alunos que estavam ansiosos pela prova e perguntavam se eles gostariam de receber uma oração. “Era um teste, mas como vimos que deu certo, vamos fazer em outros vestibulares e talvez concursos”, diz Luiz Cazaleiro, 22, que estuda administração na Unb.

O jovem evangélico disse que muitos que chegaram ansiosos se mostraram mais tranquilos após a oração.

“Não dá trabalho, e fazemos a diferença na vida das pessoas”, diz ele, que estima ter feito orações por mais de 40 candidatos.

Fonte: Gospel Prime

Com informações G1

Fanáticos religiosos aceitam ser crucificados para provar a fé nas Filipinas

Durante a Semana Santa um grupo de fanáticos religiosos das Filipinas se autoflagelam e até aceitam ser crucificados para “sentir” a mesma dor de Cristo.

A reportagem foi ao ar com exclusividade pelo Domingo Espetacular no último dia 12, mostrando a caminhada de autoflagelação e até o ritual de crucificação.

Muitos desses participantes são católicos que levam a devoção ao extremo, castigando o próprio corpo. Eles caminham por duas horas, sozinhos ou em grupos, se chicoteando até sangrar ou até não aguentarem mais.

As cenas são fortes, mas não se comparam com as cenas dos que aceitam serem crucificados, com pregos nas mãos e nos pés. Eles acreditam que dessa forma o corpo e alma serão purificados.

Confira a reportagem:


 
Fonte: Gospel Prime

Se PLC 122 for aprovado, renuncio ao mandato de Senador, afirma Magno Malta

O senador Magno Malta (PR-ES) disse em uma entrevista a revista Comunhão que deixará o Senado caso o Projeto de Lei 122/2006, que criminaliza toda opinião contrária ao homossexualismo, for aprovado.

Em seu mandato anterior o senador que é evangélico lutou, por convicções próprias, contra esse projeto que foi chegou a ser arquivado, mas que neste ano foi desarquivado pela senadora Marta Suplicy (PT-SP).

Para Malta esse PL cria um terceiro sexo e trás uma série de privilégios que os outros cidadãos brasileiros não possuem. De acordo com suas palavras o PL 122 vai criar castas, mudar costumes enraizados pela própria natureza e proteger a minoria com privilégios.

“Preconceito é cegueira moral, não aceito nem a intolerância e conceito imparcial. Não estou legislando em causa própria, mas no mais legitimo dever de defender a família estruturada, o futuro de uma geração e de forma geral a vida na sua essência divina,” disse.

Durante essa entrevista Magno Malta também falou sobre as recentes acusações feitas pelo deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) declarando que o senador age de má fé lutando contra os homossexuais e os comparando com pedófilos.

“Legislar em causa própria, com preconceito e calúnia é grave e não faço e nem aceito. Vou interpelar judicialmente o deputado federal Jean Willis (PSOL/RJ) que tem declarado para a imprensa que sou de má fé ao relacionar homossexualismo com pedofilia. Nunca afirmei tal comparação. Pelo contrário, defendi o Vaticano mostrando a realidade dos fatos como comportamentos distintos e sem relação na grande maioria das vezes,” revelou Magno Malta, que presidiu a CPI da Pedofilia.

O senador disse que não tem preconceito contra homossexuais e que, inclusive, fez campanha lado a lado de um vereador, Moacir Sélia, que é travesti. “No meu partido, temos o vereador Moacir Sélia, o Moa, um travesti de muito respeito. Fizemos campanha juntos, lado a lado. É meu amigo. Por isso, não fico calado só escutando sem agir olhando nos olhos da pessoa.”

Magno Malta disse ainda que uma pesquisa encomendada pelo Ministério da Educação revelou que 87% da população se incomoda com a homossexualidade. A grande maioria das pessoas ouvidas não aceita mudanças radicais no comportamento da sociedade. São esses os motivos que fazem com que ele continue defendendo os costumes e os direitos das famílias.

“Por isso, em defesa dos verdadeiros valores agregados no coração da família brasileira, renunciarei meu mandato se a PL 122 for aprovada,” finalizou Magno Malta.

Fonte: Gospel Prime

Com informações JusBrasil

Festividades do Centenário promovidas pela CGADB em Belém chegam ao fim


O culto de celebração do Centenário das Assembleias de Deus organizado pela Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil reuniu cerca de 11 mil pessoas no estádio Evandro Almeida, o Baenão, localizado em Belém do Pará.

A reunião contou com a presença da Mesa Diretora da CGADB, líderes de várias convenções do Brasil e exterior, parlamentares, além de caravanas vindas de várias regiões do Brasil e do Pará.

O pastor José Wellington Bezerra da Costa, líder da CGADB, falou em nome da entidade e disse que se regozijava no Senhor pelos 100 anos da AD no Brasil. “Deus por sua bondade, pelo seu Espírito, derramou uma copiosa chuva de bênçãos sobre nós. O encerramento foi uma apoteose e parte da igreja permaneceu aqui e ficou com o coração cheio de alegria”, afirma o presidente.

A Palavra foi pregada pelo pastor Joel Freire, líder da Confraceb (EUA), durante a ministração ele chegou a fazer uma comparação da chamada de Deus na vida de Abraão com a chamada de Deus na vida dos missionários Gunnar Vingren e Daniel Berg. “Há 40 anos, a AD era conhecida como um povo ignorante (um Zé povinho). Hoje, 100 anos depois, a AD mostra que conhece Deus que é o dono da Palavra. Creio que estamos começando uma nova etapa na AD e estamos orgulhosos em ser assembleianos e brasileiros”, declarou.

Nem a forte chuva que caiu no período da festividade conseguiu dispersar as milhares de pessoas que foram até Belém participar desse momento tão importante na história da igreja brasileira.

O momento de louvor ficou por conta de cantores regionais, três bandas do Estado e os cantores Victorino Silva, Lilia Paz, Marcelo Santos, Alice Maciel, da Patmos Music, e Joe Vasconcelos, dos EUA.

Fonte: Gospel Prime

Com informações CPAD News

Pastor Ricardo Gondim afirma que o Arrebatamento da Igreja é uma utopia

Um vídeo publicado no Youtube mostra o pastor Ricardo Gondim em uma palestra para pastores, que aconteceu no Ceará em março deste ano, falando que esperar a volta física do Filho de Deus é uma utopia que serve para nos motivar a andar conforme diz a Bíblia.

O líder da igreja Betesda se baseia em um livro de Jurgen Moltmann, “Teologia da Esperança”, que trata a volta de Cristo como um ânimo, uma motivação para que sejamos agentes transformadores da história.

“Cristo volta, mas volta fora da história, portanto é uma utopia. Utopia que se cumpre não é utopia,” diz Gondim que segue explicando essa teoria, dizendo que o retorno de Cristo serve para nos mobilizar, para nos levar a diante.

“Eu creio na volta de Cristo, mas não creio como ‘vem Jesus, oh Vem Jesus!’ Creio como força motivadora, uma esperança que me mobiliza para a ação.”

Ele explica que essa tônica é um horizonte utópico, ou seja, um ideal que te coloca em direção daquilo que a Bíblia diz.

“A volta de Cristo está revelada nas escrituras, não para a gente esperar por Ele. A volta de Cristo está revelada nas escrituras para nos mobilizar a ir na direção daquilo que a volta de Cristo significa, a agirmos, para dizer que o Reino de Deus é chegado entre os homens”.

Assista:



 

terça-feira, 14 de junho de 2011

Enquanto Padre afirma em TV que Xuxa é satanista, Aline Barros agradece as oportunidades que a apresentadora lhe deu

Enquanto um programa da America TV da Argentina tenta provar a existência de canções satânicas da apresentadora Xuxa, cantores evangélicos agradecem projeção nacional por meio de seu programa.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
O apresentador Alejandro Fantino, apresentador do “Animales Sueltos”, programa da Argentina, trouxe ao palco na semana passada, uma sacerdote católico para apontar as supostas canções e suas respectivas mensagens subliminares.

Eles ouviam e executavam as canções como a “Dança da Xuxa” ao contrário para comprovar as mensagens. Segundo ele, através da canção podia-se ouvir “louvado seja o demônio”. Todos ficaram espantados e alguns concordaram ter ouvido a mensagem.

As especulações começaram quando a apresentadora visitou o país no dia 15 de maio no programa de Susana Giménez na Telefe. De acordo com os telespectadores, a apresentadora apareceu com um vestido incomum e fez um gesto que lembra um par de chifres.

Apesar das polêmicas, por outro lado, há os que fazem referência à apresentadora como uma oportunidade para difundir a palavra de Deus por meio da música gospel. Esse foi o caso da cantora Aline Barros.

A cantora evangélica foi a primeira cantora gospel a participar do Programa da Xuxa. Segundo ela, depois de sua performance musical “Consagração” que foi de grande sucesso, ela recebeu um convite para participar do programa.

“As minhas participações na Xuxa sem dúvida contribuíram muito para o meu crescimento, não só para isso, como também para abençoar muitas pessoas e a nossa igreja no Brasil.”

Ela alegou que o programa deu uma projeção nacional dentro do meio evangélico e não evangélico também e hoje recebe vários convites de programas não evangélicos e nos shows não comparecem somente evangélicos.

Esse é o meu objetivo, disse ela: “Poder mostrar Jesus para todas as pessoas.”

Fonte: The Christian Post

Igreja Assembléia de Deus é homenageada no Senado e Pastor Samuel Câmara discursa na tribuna

Ao homenagear nesta segunda-feira (13) o centenário das igrejas evangélicas Assembleia de Deus, comemorado em 18 de junho, os senadores destacaram o papel social que a instituição desempenha na sociedade. Para o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), que, com Magno Malta (PR-ES), requereu a homenagem, a igreja é um local em que as pessoas recebem solidariedade e fortalecimento para enfrentar as dificuldades.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
- É ali, em cada uma delas, que, nos momentos mais duros de solidão e tristeza, nosso povo, sobretudo os mais humildes, encontra alento, paz, na comunhão com os irmãos – disse o senador Crivella.

O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) destacou que a instituição, além do conforto espiritual às pessoas, oferece serviços sociais e culturais. Como exemplo, ele destacou o trabalho de reabilitação de ex-presidiários realizado pela Assembleia de Deus, que, conforme destacou, torna as igrejas verdadeiros centros de assistência social.

Mesmo as pessoas que não concordam totalmente com o credo, observou o senador Cristovam Buarque (PDT-DF), devem reconhecer seu papel evangelizador. Segundo o senador, a igreja protege e oferece ascensão espiritual, social e econômica às pessoas.

- Eu considero que o processo de evangelização que houve no Brasil, e a Assembleia de Deus aí dentro, funciona hoje como uma espécie de rede de proteção e escada de ascensão. Uma rede de proteção para todos aqueles que, no Brasil, hoje, vivem como se estivessem caminhando numa corda bamba e encontram nas igrejas uma rede que lhes protegem. E aqueles que já caíram recebem das igrejas uma forma de encontrar o rumo, o caminho e ascenderem outra vez a um papel social – disse o senador.

O senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA), como católico, fez questão de homenagear a Assembleia de Deus, afirmando que “todas as religiões levam ao mesmo Deus”. Ele defendeu um trabalho conjunto das diferentes igrejas para melhorar as condições de vida das pessoas.

Para o senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), os governos precisam realizar parcerias com as igrejas. No Brasil, destacou, as diferentes religiões convivem de forma harmônica, o que poderá contribuir para um trabalho conjunto.

- Não podemos prescindir de uma aliança estratégica com as igrejas e, especialmente, neste momento, com as Assembleias de Deus, para que possamos atingir estes objetivos: construir uma sociedade mais justa, mais solidária e mais generosa – disse Rollemberg.

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, participou da homenagem. Não puderam comparecer ao evento, mas enviaram cumprimentos à Assembleia de Deus a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, que subscreveu o requerimento para a homenagem quando ainda era senadora, e os senadores Eduardo Braga (PMDB-AM), Gim Argello (PTB-DF), Demóstenes Torres (DEM-GO) e Magno Malta. Um coral de membros da Assembleia de Deus encerrou a homenagem.

Fonte: Agência Senado

Programa evangélico de TV é retirado do ar ao vivo por criticar a homossexualidade


O programa de tevê Word TV, do pastor evangélico Charles McVety, presidente da Faculdade Cristã do Canada e da ong Coalizão pela Família, foi cancelado no Canadá pela emissora cristã que o exibia, depois que o religioso pregou contra os homossexuais. Depois de contatada e advertida pelo conselho regulador do conteúdo das tevês canadenses (Canadian Broadcast Standards Council), o canal evangélico Crossroads Television System (CTS TV) retirou o programa do ar. O cancelamento surpreendeu os espectadores pois foi avisado por meio de anúncio na hora que o show deveria ir ao ar, na semana passada.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
O apresentador se disse traído pela emissora e vítima de censura. Mas ele já havia sido avisado em dezembro, por decisão do Canadian Broadcast Standards Council que seu conteúdo não era aceitável, alegou a emissora em nota, afirmando que não irá comentar a decisão. Mc Vety já havia sido avisado que estava pegando pesado e a gota d´água foi quando afirmou que o movimento homossexual é uma conspiração e que homossexuais são predadores de crianças, chegando a chamar as paradas gays de “paradas do sexo”. Ele criticou ainda os programas contra a homofobia, em que afirmou que as aulas de educação sexual tinha o objetivo de “ensinar” a homossexualidade aos alunos. A revolta dos pais com o sensacionalismo do pastor levou o governo de Ontario a suspender o programa, como o ocorrido no Brasil.

Fonte: Lado A